sexta-feira, 25 de julho de 2008

o meu país

Este é o meu país.
Onde nasci,
Cresci e aprendi.
Na família,
Na escola, na rua.
Incorporei valores,
Apropriei conhecimento
Formei a minha personalidade
Fiz-me gente!
E este, hoje, continua o meu país!
Mas não foi nele que nasci,
Os meus valores?
Estão forma da norma,
Referenciais?
Quem os tem?
Onde se adquirem?
Este não é o meu país,
Mas é nele que eu vivo!
Respeito? Ser solidário?
Amizade?
São valores que incorporei
No meu país, que já não é!
Quero o meu país de volta.
Quero respeito e liberdade
Solidariedade e amizade,
Quero verdade, segurança,
Quero ter orgulho
Do país que ajudei a construir.
Mas um modelo que não é este!
Quero o meu país de volta,
Um país livre e fraterno.

Clementina

Caparide, 24 de Julho de 08

1 comentário:

Tina disse...

Deixem os vossos comentários. Participem. Poesia é estar vivo!